Cálculo estequiométrico com mol

Prost

Cálculo estequiométrico com mol é uma forma de determinar a quantidade de matéria (mol) que deverá ser utilizada de um reagente ou que será formada em um ou em todos os produtos. Ele se baseia em leis importantes da Química, como a lei de Proust, que diz que, em uma reação química, a divisão de números de mol ou massa dos participantes de uma reação resulta sempre em um valor constante.

Vejamos a reação seguinte reação:

1 H2 + 1/2O2 → 1H2

A interpretação para essa reação é , 1 mol de hidrogênio reage com 1/2 mol de oxigênio formando 1 mol de água. A validade dessa interpretação está no fato de a reação está balanceada.

Se fizermos essa reação na prática, colocando 4 mols de hidrogênio para reagir com 2 mols de oxigênio e formarmos 4 mols de água, estaremos realizando uma reação química com quantidades de matéria (número de mol) que obedecem à lei de Proust, já que a divisão entre os coeficientes (mol) da equação e o número de mol sempre resulta em 0,25:

1 H2 + 1/2O2 → 1H2O  

= 1/2 =
 4     2     4  

Agora podemos usar outra forma para saber quantos mols estão envolvidos numa reação química balanceada. Vamos supor que queremos saber quantos mols de oxigênio serão necessários para formar 200 mols de água. Se observamos a reação acima, podemos notar que para cada 1/2 mol de oxigênio é formado 1 mol de água, Então, para formar 200 mols de água são necessários 100 mols de oxigênio. 

Lembre-se: Na natureza nada se perde, nada se cria, tudo se transforma. Para isso, pratique esse princípio sempre, como explicado acima.

Agora é hora de praticar. Se errar não se preocupe avalie  onde errou e tente de novo até acertar.

Para aprender mais veja

Estequiometria: a natureza proporcional das reações químicas

O princípio de conservação das massas

Estequiometria: a interpretação molar

Como é o aplicativo LavoiserApp

Results

#1. Dada a equação: 2 biscoitos cream cracker + 1 pedaço de chocolate + 4 mini-marshmallows -> 1 sobremesa. Qual das afirmações abaixo faz uso preciso da estequiometria para planejar uma sobremesa por pessoa em um jantar com 20 convidados?

#2. Dada a equação: Na3PO4 + 3KOH -> 3NaOH + K3PO4 Qual é o primeiro passo para determinar quanto hidróxido de sódio (NaOH) é produzido começando com 5 gramas de fosfato de sódio e excesso de hidróxido de potássio?

#3. Dada a equação: 2Al + 6HCl -> 3 H2 + 2AlCl3 Quantos moles de HCl são necessários para produzir quatro moles de AlCl3?

#4. O que é uma proporção molar?

#5. Na seguinte equação: 12HClO4 + P4O10 → 4H3PO4 + 6Cl2O7, qual a relação entre 3H3PO4 e HClO4?

#6. Na equação: 2 Na3P + 3CaF2 -> 6NaF + Ca3P2, quantos moles de Na3P devem reagir com 12 moles de CaF2 para usar todo o reagente?

#7. Outra forma de fazer amônia, além do processo Haber-Bosch, é combinar nitreto de bário com água, conforme a equação: Ba3N2 + 6H2O → 3Ba(OH)2 + 2NH3, para fazer 100 mols de amônia, quantos mols de nitreto de bário você irá precisar?

#8. Depois de obter a amônia, você pode usá-la para fabricar óxido nitroso (também conhecido como gás hilariante), de acordo com a equação: 4NH3 + 5O2 → 4NO + 6H2O. Verdadeiro ou falso: Se você tem 20 moles de amônia e 10 de oxigênio, então a amônia terá a mesma quantidade água

#9. Por que a estequiometria é importante para um fabricante de produtos químicos?

#10. O cloreto de prata é uma substância antisséptica usada em alguns curativos e desodorantes. Digamos que você esteja planejando produzir cloreto de prata para um fabricante de bandagens, de acordo com a equação química: KCI + AgNO3 → AgCl + KNO3. Se você quiser ter certeza de que todo o AgNO3 será usado, você dever limitar o reagente ______ pela adição de __________ (dado que a razão molar é de 1: 1).

finish

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *