Como a Ecologia industrial é a solução para a sustentabilidade

Esquema da ecologia industrial

Então, como a Ecologia industrial é a solução para a sustentabilidade. Ou melhor, O que a evolução tecnológica trouxe para a humanidade? Bom, nesse momento você pensa imediatamente no celular que você está lendo este post. Por outro lado, trouxe também um desastre ambiental do tamanho do mundo. Dessa forma, você começa a pensar quando isso vai acabar? Uma das formas para isso acaba é, sobretudo, com a Ecologia Industrial.

Devemos lembrar que a Ecologia Industrial é uma mudança de pensamento sobre a produção industrial. Assim, ela representa uma mudança do modo de produzir os produtos mais inovadores com sustentabilidade.

Então, se você ler o post “Steve Jobs e a reciclagem”, você vai descobrir que o grade guru da tecnologia queria produzir seus grandes produtos sem prejudicar a natureza. E você tem o mesmo pensamento?

Vamos voltar para a Ecologia Industrial. Em primeiro lugar, você deve entender que a ecologia industrial prega que para produzir industrialmente, as indústrias devem imitar o meio ambiente. Ou seja, devemos pensar em um ciclo onde os recursos naturais utilizados pela indústria se mantenha dentro de um ciclo de produção. Dessa forma, evita-se o desperdício e os recursos naturais sejam preservados.

Quando começaram os problemas de sustentabilidade?

Tudo começa quando o homem sai literalmente da produção artesanal e vai para produção em série. Então, nasce a Revolução Industrial que um período de grande desenvolvimento tecnológico. Em princípio, esse período teve início na Inglaterra a partir da segunda metade do século XVIII. Por conseguinte, espalhou-se pelo mundo o que causou grandes transformações na vida das pessoas. Aqui, a Revolução Industrial consolida o aparecimento do capitalismo.

Bom, o avanço tecnológico da Revolução Industrial levou ao grande desenvolvimento de maquinário voltado principalmente para produção têxtil. Assim, nessa época o homem devolveu uma séria de máquinas, por exemplo, “spinning Jenny”, “spinning frame”, “water frame” e a “spinning mule”. Então, você deve saber que estamos falando do processo de tecelagem de fios.

O que toda revolução faz. Você logo pensa mudanças. Então, uma das consequências da Revolução Industrial foi o aumento da produção com menos pessoas no mercado de trabalho.

Posteriormente, outras tecnologias apareceram com destaque para a locomotiva e das estradas de ferro no começo do século XIX. Dessa forma, a construção das estradas de ferro contribuiu para ampliar o crescimento industrial, uma vez que diminuiu as distâncias, ao tornar as viagens mais curtas, e ampliou a capacidade de locomoção de mercadorias.

Quando a euforia com a Revolução Industrial acaba?

Aquecimento global

Ao longo do desenvolvimento tecnológicos a humanidade não imaginaria os efeitos colaterais, sobretudo, da inovação tecnológica. O que você deve estar pensando agora? No meu caso, estou pensando no dióxido de carbono. No post “Dióxido de carbono e aquecimento global” mostro para você que o aumento da quantidade de dióxido de carbono liberado para a atmosfera tornou esse gás o grande vilão do efeito estufa. Ou seja, cerca de 2.650 bilhões de toneladas de dióxido de carbono são lançadas anualmente na atmosfera.

Dessa forma, você deve entender que o tempo médio de residência do dióxido de carbono na atmosfera é de cerca de cem anos. Então, aumentar a quantidade de dióxido de carbono é fácil, mas redução é relativamente muito difícil. Assim, se nós continuamos a aumentar a quantidade de dióxido de carbono na atmosfera, os problemas ambientais serão enormes. Você já está percebendo que o meio ambiente não é mais o mesmo. Portanto, acredita-se que ocorrerão uma série problemas na Terra. Por exemplo,

  • Elevação do nível dos mares
  • Alterações climáticas em todo o planeta
  • Aumento da biomassa terrestre e oceânica
  • Modificações profundas na vegetação
  • Aumento na incidência de doenças e proliferação de insetos nocivos ou vetores de doenças

Leia também

Carvão, o que é, usos e o aquecimento global

O aquecimento global já mata um em cada três pessoas

A relação humana com o aquecimento global

O que o aquecimento global pode causar

Resíduos plásticos

Ao ler o post “O volume de resíduos pode aumentar em 70% o no mundo até 2050”, você vai entender que a proliferação vertiginosa de resíduos em todo o mundo é uma ameaça adicional à saúde da população e do meio ambiente.

Com um resultado da Revolução Industrial, os resíduos plásticos se tornaram um problema de poluição mundial. Por exemplo, no post “De onde vem os plásticos nos oceanos” mostramos a você, por exemplo, que entram anualmente nos oceanos tem milhões de toneladas de resíduos plásticos. Ou seja, os resíduos plásticos já se encontram distribuídos por todo o planeta não só nos oceanos, mas também na superfície. Além disso, a grande discussão que você deveria acompanhar, são as consequências dos microplásticos.

Então, os microplásticos poluem todo o planeta desde o Ártico até os oceanos mais profundos. Veja o post “Os micro-robôs que retiram os microplásticos da água”.

Leia também os posts abaixo para entender como você pode encontrar uma solução para o problema dos resíduos

Porque produzir tijolos de resíduos plásticos

A microrreciclagem de resíduos eletrônicos

4 startups de sucesso ao reciclar plásticos

Mas afinal de contas o que isso tem com a Revolução Industrial?

O que é ecologia industrial?

Então um dos problemas relacionados à Revolução Industrial é a produção não importando como os lucros compensam as perdas. Dessa forma, o mundo observou juntamente com a inovação tecnológica um aumento da exploração dos recursos naturais extremamente exagerado.

Como você pode perceber, o aumento da produção industrial chegou a um ponto em que há uma quantidade de resíduo enorme sendo produzida, muito desperdício de energia e alto consumo dos recursos naturais.

Por causa desses efeitos, surgiu o conceito da Ecologia Industrial. Dessa forma, muitas indústrias mudaram sua ideologia de produção. Modernamente, a indústria deve e quer produzir com a menor quantidade de resíduos possível bem como menor consumo de energia. Além disso, deve haver uma ligação entre indústria com o aproveitamento dos resíduos e energia mútuos.

Assim, em muitas empresas mundialmente introduziram os princípios da Ecologia Industrial; ou seja, muitos parques industriais pelo mundo afora utilizam esse conceito. Em princípio, para a Ecologia Industrial funcionar deve existir uma sinergia entre as empresas. Assim, o desperdício de energia de uma empresa, por exemplo, é cedido ou comercializado por outra Empresa.

Adota a Ecologia Industrial preservamos nosso planeta

Dessa forma, você já imaginou, o resíduo de uma empresa é a matéria prima de outra empresa. É exatamente isso que você imaginou que a Ecologia Industrial. Portanto, nessa nova ideologia ocorre uma redução do desgaste ambiental. Além disso, podemos observar um aumento do tempo de vida da matéria prima e consequentemente uma redução da exploração dos recursos naturais.

Na figura abaixo nós mostramos que o processo de econômico-industrial da Revolução Industrial é um sistema aberto. Ou seja, é um processo no qual todo recurso natural é usado para o ganho do dinheiro. Por outro lado, na Ecologia Industrial o processo é em um ciclo fechado, onde a matéria prima entrar e fica circulando o máximo possível.

Ecologia Industrial
A figura acima é sobre a Revolução Industrial e o segundo é sobre a Ecologia Industrial

Alguns princípios da ecologia industrial

Então a seguir temos uma lista de princípios da Ecologia Industrial:

  • Abastecimento sustentável: visando a exploração e extração eficientes e garantindo que o desperdício seja minimizado.
  • Ecodesign: ao projetar um processo, serviço ou bem, é fundamental considerar todo o ciclo de vida, limitando os impactos ambientais.
  • A economia de funcionalidade: um tipo de organização entre empresas, que irá trocar fluxos ou compartilhar suas necessidades.
  • Consumo responsável: o uso tem prioridade sobre a posse, de modo que é preferível vender serviços relacionados aos próprios produtos.
  • Extensão da duração do uso: teremos a tendência de consertar, vender, dar ou comprar em segunda mão, em vez de jogar fora.
  • Reciclando.

Alguns parques industriais com Ecologia Industrial

Um dos exemplos mais conhecidos de simbiose industrial é o parque eco-industrial em Kalundborg, Dinamarca, que desde 1961 lentamente cresceu em um grande ecossistema de fábricas. Hoje, conta com cerca de 30 trocas de resíduos industriais entre seus lojistas.

No Canadá, parques eco-industriais existem em todo o país e têm obtido algum sucesso. O exemplo mais conhecido é o Burnside Park, em Halifax, Nova Scoti

A China, em sua capacidade única de controlar fluxos de materiais de alto volume e gerenciar a produção industrial por meio de diretivas de cima para baixo, foi capaz de implementar a simbiose industrial muito mais rapidamente do que o desdobramento orgânico de desenvolvimentos eco-industriais como Kalundborg.

Nos acompanhe no Facebook,  Instagram, e Twitter.

Fonte:

Brasil Escola

Ecycle

GreenBiz

Hottopos

Mobility Work

Wikipedia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.