Você deve integrar a química e a arte

Química & arte

Por que você deve integrar a química e a arte? Então, umas das grandes questões que um professor de Química é como tornar sua disciplina mais interessante. Ou então, como um professor pode diminuir o seu estresse em sala de aula. Além disso, um professor deve satisfazer as expectativas da sociedade em relação a formação dos seus jovens.

Por outro lado, nosso sistema de ensino se baseia em preparar o aluno para passa em um curso superior. Ou seja, a carreira universitária é mais valiosa do que a formação de cidadão. Dessa forma, muitos professores vivem em uma encruzilhada não sabe se prepara o aluno para passar num exame ou se prepara o aluno para a vida.

Bom, nessa encruzilhada encontramos facilmente os dois tipos de professores, mas vou falar para você sobre os professores que querem uma forma de ensinar integrando a Química com outras áreas; ou seja, ampliar a Química em outras áreas.

Esses professores entendem que com uma iniciativa criativa podem tornar a sua forma de ensinar mais atraente para os alunos.

O tipo de esforço que você faz para tornar o conceito do tópico claro como cristal. Assim, você já pensou em usar um vídeo mostrando uma precipitação. Então veja o vídeo abaixo de precipitação:

Video a beleza de uma precipitação: Uma obra de Arte

Nossa o vídeo mais parece uma obra de arte do que uma precipitação de compostos químicos. Então, por que não integrar Química e Arte?

Opa, essa é uma ótima ideia

Então, muitos fenômenos naturais e as leis da natureza estão relacionados à simetria. Bom, a simetria na química está nos cristais que são formados. Assim, como na precipitação você precisa ver nos microscópios a beleza dos cristais.

Se você for pensar por esse lado, a Química não é só aquela teoria chata e que nos causa muita raiva devido a falta de entendimento. Muitas vezes, os professores não buscam alternativas para diminuir a distância da Química do cidadão comum.

Olha o que estamos recomendando para você

No post “Química e arte uma combinação de sucesso” mostro a você o sucesso da professora Ann Larson Ericson ao usar projetos de desenvolvimento em sua sala de aula. Essa professora conseguiu colocar a arte em suas aulas e conseguiu mudar o pensamento dos alunos sobre a Química. Outro caso de sucesso é o de Ami Basu, mostro o seu trabalho no post “Aula de Química e Arte”. Veja lá você vai gostar.

Por outro lado, alguns químicos como Lavoisier e Pasteur eram apaixonados por arte. Por exemplo, Lavoisier tentou se salvar da guilhotina com mostrando a famosa pintora do artista Jacques Louis David. Mas recentemente nós mostramos a você que a famosa pintura de Lavoisier escondia algumas coisas. Vá lá e veja o que no post “O que a famosa pintura de Lavoisier esconde?”

Por outro lado, você tem que saber que graças ao gosto de Louis Pasteur pelas artes você sabe a simetria do ácido tartárico. Pasteur explorou, sobretudo, seu conhecimento pelas artes para estudar o ácido tartárico. E ai, como mostro para você no post “A importância da formação interdisciplinar” como integrar a Química e a Arte é importante para nós formamos as pessoas. Aprenda um pouco mais indo lá no post.

Então, integrar a Química e Arte é de certa forma fazer o aluno entender o gosto do homem pelos pigmentos. Quero lembrar a você que o pigmento faz parte da vida humana. Basta visita uma caverna com pintura rupestre que você verá o homem primitivo usando o seu conhecimento de química para deixar a sua marca na história. Dentre os pigmentos apresento a você no post o pigmento vermelho no post “O pigmento vermelho na vida humana”.

Então, por que não integrar a Química e Arte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.