Quando você deve parar uma titulação?

titulação

Quando você deve parar de titular? Então, durante uma titulação sempre aparece a pergunta de quando você deve parar de titular. A resposta mais comum é quando mudar a cor; ou seja, quando ocorre a viragem.

Eu particularmente não gosto muito dessa resposta, pois uma titulação não é tão simples assim. Em primeiro lugar porque envolve uma reação química. Em segundo lugar, envolve o erro que se comete ao fechar a torneira da bureta.

Vamos ver cada etapa de uma titulação primeiro para você entender mais claramente quando você deve parar

O que é uma titulação

Então, uma titulação é uma operação que vai parte da volumetria. Nela você usa normalmente uma bureta e um erlenmeyer, que duas vidrarias necessárias para realizar uma titulação. No erlenmeyer você adiciona uma porção de sua amostra, que é chamada de alíquota. Além disso, você deve adicionar gotas de indicador, que é uma substância usada para indicar o final da titulação. Bom, o final da reação ocorre quando o indicador muda de cor.

Na bureta, você colocar uma solução padrão que é uma solução que você conhece a concentração. Uma solução padrão é o ponto chave para parar uma titulação. Vamos ver como é isso.

O papel solução padrão

Bom, para você saber qual o papel da solução padrão você deve sabe o que ela é exatamente. Então, uma solução padrão é uma solução feita com uma substância considerada padrão. Essa substância para ser padrão deve obedecer uma série de requisitos. Recomendo a você ler o nosso ebook “Princípios de Química Analítica” ele é gratuito para saber mais sobre o assunto.

Quero que você entenda que solução padrão é uma solução de concentração conhecida. Existem muitos laboratórios que produzem soluções padrões e vendem.

Os elementos necessários para uma volumetria

Aqui, você tem que saber qual a importância da titulação. Olha bem, para fazer uma titulação é necessário você conhecer o volume da alíquota. Para você saber, você usa uma pipeta volumétrica. Por exemplo, você pode usar pipetas volumétricas de 20 ou 25 mL, que são as mais utilizadas nas titulações.

Sabendo disso, o que você tem até o momento. Você conhece o volume da alíquota e a concentração da solução padrão. Além disso, temos que :

M1xV1 = M2xV2

Vamos mudar essa fórmula que tem nos livros de química para

MSolução-PadrãoxVbureta = MamostraxValíquota

Há, nessa nova fórmula você deve ter percebido mais claramente uma coisa interessante. Nessa fórmula podemos ver que conhecemos a concentração da solução-padrão e o volume da alíquota. Você está querendo saber, então, a concentração da amostra em M mol L-1.

Bom, se você conhecer o volume da bureta, você tem condição de encontrar a concentração da amostra.

Para que serve a titulação

Então, quando você conhece o volume medido na bureta, você tem condição de determinar a concentração da sua amostra. Porém, aqui você pode questionar, então, quando parar a titulação? Bom, acho que você entendeu que não podemos fechar a torneira da bureta quando nós desejamos. Temos que ter um critério para parar a titulação.

O critério principal para parar a titulação é a mudança de cor do indicador.

Qual indicador é ideal para uma titulação

Então, aqui você deve ter um cuidado muito grande, pois escolher um indicador errado, você erra na determinação da concentração de sua amostra. Então, para isso, você deve escolher aquele indicador que você comete o menor erro.

Digo a você que na internet você encontra diversos sites mostrando os indicadores de acordo com que você está titulando. Mas, você tem avaliar na escolha do indicador a mudança de cor. Por exemplo, você não pode escolher um indicador que vire de amarelo-claro para amarelo-escuro.

Você nunca vai conseguir para a titulação no volume certo da concentração da amostra. Um indicador bastante utilizado é a fenolftaleína. Esse indicador mudar de cor de incolor para violeta que é uma mudança brusca de cor e facilmente perceptível.

Alias, a fenolftaleína é um indicador que foi descoberta por um prêmio Nobel de Química. Veja lá no Post “Porque você deve fazer experimentos de química” para descobrir mais coisas sobre a fenolftaleína. Vale a pena saber

Recapitulando aqui. Quando você for procurar um indicador na internet ou mesmo uma titulação, por exemplo, para determinar o teor de vinagre. Você deve pensar que o indicador recomendado que é a fenolftaleína, por exemplo, foi escolhido por ter uma viragem que todo mudo ver e que o erro é o menor possível.

Agora você está preparado para saber quando parar uma titulação, então vamos lá.

Quando parar uma titulação

Me lembro muito bem quando tínhamos que fazer uma titulação eu e meus colegas sempre discutíamos. O motivo da discussão sempre era quando parar; ou seja, quando fechar a torneira da bureta. Por exemplo, no caso da fenolftaleína se você for gotejando bem devagar você consegue uma mudança de cor bem rosinha. Então, ficávamos disputando que deixava a cor mais rosa; ou seja, fechar a torneira bem no início da mudança de cor.

E ai sempre surgia a pergunta podemos parar agora ou temos que deixar mais intensa a cor da fenolftaleína.

Bom, para saber isso que saber como cada volume da solução padrão afetar a cor do indicador. Por exemplo, no caso da fenolftaleína em uma titulação entre um ácido forte e uma base forte cada gota de um desses reagente e como se fosse uma martelada de marreta. Ou seja, cada gota a mudança no valor de pH é muito grande.

Então, você para a titulação quando a cor da fenolftaleína está rosinha e quando está um mais intensa você não comete um erro muito grande. Nesses casos, você pode dizer que seu erro é aceitável

Por outro lado, existem outras titulações que a variação do pH a cada gota não é tão grande. Por exemplo, esse é caso de substância que são fracas, por exemplo, o vinagre.

Outra, questão que quero falar para você é que parar uma titulação depende muito do olho de quem está titulando.

A habilidade de quem está titulando

Muitas vezes, as pessoas ficam pensando que parar mais claro ou mais escura a cor do indicador e esquecem de quem está fazendo a titulação. Então, para parar uma titulação é necessário que você perceba a mudança de cor. Bom, uma pessoa não igual a outra; ou seja, até mesmo um gêmeo não igual ao outro.

Assim, o que é mais intenso para um não é mais intenso para outros. O você pensa respeito do que é uma cor não é mesmo que eu ou outra pessoa pensa. No post “A importância do experimento” que você entenderá com mais detalhes o que eu estou falando para você.

Considerações finais

Neste post falamos para você que para parar um titulação você deve saber o porquê você parar. Ou seja, para determinar a concentração de sua amostra. Falamos também que você deve escolher muito bem o seu indicador, não pode ser qualquer indicador. E, finalmente, falamos para você sobre a habilidade da pessoa que está titulando.

Ao contrário da titulação potenciométrica que usa um elétrodo de pH para parar a titulação. Aqui você tem que saber em qual pH você deve para a titulação. Então, o equipamento para no valor de pH escolhido e ainda ele calcula a concentração do amostra. Quem não queria ter um equipamento assim?

Espero que agora você veja a titulação com outros olhos e procure usar sempre a melhor opção em uma titulação.

Recomendamos os seguintes post para saber mais

Novo e-book gratuito: Estequiometria na Química Analítica

Então, gostou? Bom, então comente e visite nossas redes sociais:

Instagram

Facebook

Twitter  e

Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.