Como transformar garrafa PET em baunilha

pexels-steve-johnson-1000084.jpg

Neste post vamos mostrar para você como podemos converter garrafas PET em aroma de baunilha. Então, para conseguir fazer essa conversão, os cientistas usaram Escherichia coli modificadas. Além disso, devemos falar para você que esse é a primeira vez que se fabrica um produto químico valioso a partir de PET.

O que se ganha com a reciclagem do PET

Em primeiro lugar, o plástico PET é um material termoformado (polímero termoplástico); ou seja, extremamente moldável. Em segundo lugar, seu nome vem da palavra Poli (tereftalato de etileno), então PET é um sigla de Polietileno Tereftalato. Portanto, PET (Polietileno Tereftalato) é um polímero que possui uma química muito elevada, 

Dessa forma, um dos problemas do PET (Polietileno Tereftalato) é a sua reciclagem. Ou seja, reciclar o PET (Polietileno tereftalato) não é muito fácil. Assim,  reciclagem de garrafas PET em materiais mais lucrativos pode é um caminho mais atraente e eficaz. Por outro lado, os plásticos perdem cerca de 95% de seu valor como material após um único uso. 

Como os cientistas conseguiram transformar o PET

Bom,  pesquisadores do Instituto de Biologia Quantitativa, Bioquímica e Biotecnologia da Universidade de Edimburgo (Reino Unido) usaram Escherichia coli projetada para transformar o PET. Assim, a Escherichia coli projetada consegue transformar o ácido tereftálico monômero derivado de PET em vanilina (baunilha). Para  isso, os pesquisadores utilizaram uma enzima para transformar o PET em ácido tereftálico e depois com a Escherichia coli obter a baunilha:

PET- transformado - vanilina

Bom, o processo de obtenção da vanilina é mais efetivo quando se aquece um caldo de E coli modificada a 37 °C por um dia. Com esse procedimento os pesquisadores conseguem converter 79% do ácido tereftálico em vanilina. Então, os cientista publicaram os seus resultados da pesquisa na revista Green Chemistry

Qual a importância dessa descoberta?

Então, quando falamos de reciclagem de PET logo pensamos em outras coisas do que sua transformação química. Assim, você pode encontrar diversas formas de reciclagem com garrafa PET na internet. Por exemplo: vasos; horta; boliche; brinquedos. Por outro lado, você encontra diversas maneiras de transformação do PET em monômeros. Mas, a maioria tem como objetivo sintetizar e produzir novamente garrafas PET.

Agora, você encontrar como reutilizar os monômeros de garrafa PET ser transformado em vanilina é a primeira vez.

Onde podemos usar a vanilina

Em primeiro lugar, a vanilina é uma substância responsável pelo aroma de baunilha. Em segundo lugar, a baunilha é muito utilizada nas indústrias de alimentos e cosméticos. Assim, ela é um produto químico  usado na fabricação de muitos produtos. Por exemplo: produtos farmacêuticos; produtos de limpeza; indústria de alimentos; e herbicidas.

Então, a vanilina sintética tem sua demanda global de vanilina em amplo crescimento, somente em 2018 o mercado consumiu cerca de 37.000 toneladas (85% do mercado). Assim, a crescente demanda global por vanilina é uma boa oportunidade para a upcycling do PET.

Só para você pensar a grandeza do mercado do PET, cerca de 1 milhão de garrafas de plástico são vendidas a cada minuto em todo o mundo e apenas 14% são recicladas. Além disso, mesmo as garrafas sendo recicladas na forma fibras opacas para roupas ou tapetes, a poluição por resíduos plásticos ainda é muito alta.

Convite

Bom, convidamos você a descobrir mais sobre a redução do plástico. Dessa forma, selecionamos alguns post para você acessar. Assim, acesse ai

Então, gostou? Bom, então comente e visite nossas redes sociais:

Instagram

Facebook

Twitter  e

Linkedin

Fonte

Microbial synthesis of vanillin from waste poly(ethylene terephthalate), Joana C. Sadier e Stephen Wallace, Green Chemistry

PoliBrasil

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.