Os biocidas fazem parte do nosso cotidiano

Produtos de limpeza

A princípio, você usar um produto químico durante o seu dia a dia, hoje é bastante natural. Como assim, desde quando você se levanta até dormir, você e eu somos expostos a produtos químicos. Dessa forma, resolvemos publicar um post com o nome “Lista de 10 produtos perigosos em uma casa“. Convido você a descobrir nessa lista algum produto que você usa.

Mas, a questão aqui não é somente esses produtos químicos. Como assim? Existem também aqueles produtos químicos que estão nos alimentos por exemplo. Quero lembrá-lo que muitas vezes a gente não temos notícias desses produtos. Dessa forma, podemos falar para vocês dos herbicidas, inseticidas e fungicidas. 

No post “Pesticidas e seus efeitos ao ambiente e saúde humana” falamos um pouco mais sobre esses produtos químicos. Vá lá nesse post e descubra mais um pouquinho sobre esses produtos. Quero lembrar para você que esses produtos quando usados de forma errada causam muitas doenças, por exemplo câncer. 

Além desse post convido você a descobrir mais sobre esses produtos químicos nos próximos posts:

Mas afinal de contas o que é biocida?

Então, o termo biocida se refere a uma ampla família de produtos químicos. Assim, existem uma quantidade enorme desses produtos químicos. Por exemplo:

  • Pesticidas
  • Antiparasitas e antibióticos 
  • Desinfetantes

A princípio, os biocidas são produtos químicos que nós usamos para nos proteger contra plantas, animais ou microrganismos indesejados. Então, nós podemos produzi-los nas formas líquidas e em pó. Além disso, podemos usá-los em formulações prontas para uso ou como concentrados. 

Onde podemos encontrar biocidas?

Bom, os biocidas estão em muitos produtos químicos que usamos no nosso cotidiano. Por exemplo: desinfetantes; conservantes de madeira; conservantes em lata.

Por outro lado, sem perceber os biocidas são aplicados nas nossas casas e em locais públicos. Além disso,  os biocidas estão em hospitais e indústrias com a função de destruir e controlar: vírus; bactérias; algas; moldes; insetos; camundongos; ratos. 

Como podemos classificar os biocidas?

Então, desde 1998 a  União Europeia classifica os biocidas  em 4 grupos:

  • 1. Grupo de desinfetantes;
  • 2. Grupo de Produtos de Proteção;
  • 3. Grupo de produtos para o controle das espécies ditas “nocivas”;
  • 4. Grupo de outros produtos biocidas.

Um pouco de história dos biocidas

A princípio, há séculos nós usamos os biocidas químicos e tudo começou com a preservação de alimentos e água. Além disso, existem relatos que os biocidas também foram usados para tratar feridas. Todavia, o marco dos biocidas começou com a antissepsia baseada no uso de água com cloro no início do século 19.

Por outro lado, o século 20 testemunhou um tremendo aumento do número de produtos químicos bioativos. Por exemplo, biocidas catiônicos, como compostos de amônio quaternário (QACs), fenólicos, aldeídos e piroxênios.

Cobre um biocida antigo

Desde a Antiguidade, o cobre tem sido usado por humanos por seus benefícios à saúde, em particular para tratar infecções e prevenir doenças. Mesmo antes da descoberta dos microrganismos, os egípcios , gregos , romanos e astecas usavam preparações de cobre para feridas de garganta, erupções cutâneas e para higiene diária. Em março de 2008, a Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (EPA) aprovou o cobre e suas ligas como agentes antibacterianos capazes de controlar a proliferação de certas bactérias responsáveis por infecções fatais.

Então, gostou? Bom, então comente e visite nossas redes sociais:

Instagram

Facebook

Twitter  e

Linkedin

Fonte

Biocides – Science Direct

OECD

Wikipedia

Educalingo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.