Sorbitol o que é e para que serve

Adoçante

Sorbitol é um poliol (álcool de açúcar) muito usado na indústria de alimentos, principalmente para fornecer doçura com menos calorias e, acima de tudo, menor impacto nos níveis de açúcar no sangue do que o açúcar. A substância é encontrada em frutas e bagas, mas é produzida industrialmente a partir do amido do trigo e de outras culturas amiláceas.

Leia também

História da sacarina

Refrigerante diet pode estar prejudicando sua dieta

Aspartame

Sucralose

Efeitos da sacarina sódica nos rins

O ciclamato de sódio: os seus perigos

O sorbitol também é encontrado em frutas e bagas, como ameixas, pêras, pêssegos, maçãs, nectarinas, damascos, morangos, framboesas, amoras, cerejas  etc. Comercialmente, ele é produzido industrialmente a partir do trigo e de outras culturas amiláceas. O sorbitol é um açúcar com a mesma estrutura química dos açúcares usados em nossas casas. Ele é diferente dos açúcares comuns por dois átomos de hidrogênio que foram anexados a um átomo de oxigênio.

                         Sorbitol

O sorbitol não é produzido apenas pelo amido, mas também ele é produzido em seu corpo. A produção dessa substância acontece quando uma enzima chamada aldose redutase converte a glicose em sorbitol em seus tecidos. Essa enzima é encontrada em diversas parte dos nosso no corpo, que podemos incluir fígado, rins e células vermelhas do sangue, mas também nos ovários e na vesícula seminal.

Síntese do sorbitol

A síntese da sorbitol a partir do amido de batatas milho, trigo entre outros começa com a obtenção da glicose. Para isso, o amido do trigo é hidrolisado enzimaticamente. As enzimas quebram as cadeias de centenas de moléculas de glicose em cadeias menores, até a obtenção de um xarope que é composto principalmente de glicose. Nesse ponto, a glicose é transformada em sorbitol com o uso da hidrogenação sob pressão e tendo uma liga de níquel como catalisador.

Descoberta do sorbitol

O sorbitol foi descoberto em 1872 pelo químico francês Jean-Baptist Boussingault. No entanto, demorou mais de meio século antes de começar a ser usado na alimentação. Inicialmente, os volumes eram pequenos e serviam para substituir os açúcares em alimentos para pessoas com diabetes. Comparado ao açúcar normal, o sorbitol tem um efeito mínimo sobre o açúcar no sangue. O índice glicêmico (IG) do sorbitol é 6 comparado ao açúcar que tem 92 se o pão branco for usado como referência (IG 100).

Somente em meados da década de 1950 o sorbitol começou a ser produzido em maiores quantidades. Naquela época, o sorbitol tinha começado a ser usado como ingrediente de retenção de umidade em produtos para a pele e cosméticos, e como substituto do açúcar em doces. Áreas de uso que ainda estão de pé hoje.

Uso do sorbitol

Por ser um produto barato, o sorbitol é muito popular como uma alternativa ao açúcar. Mas tem lá seus problemas como tais. Uma das desvantagens do sorbitol é que ele não é isento de calorias, contém 2,4 kcal/grama. Mesmo assim esse valor é significativamente menor do que os 4 kcal/grama do açúcar usado em nossas casas. Em outras palavras, o sorbitol não é tão doce quanto o açúcar, possui de 50 a 60% da doçura do açúcar normal. Portanto, a mesma doçura requer o dobro de sorbitol do que o açúcar, e então temos aproximadamente as mesmas calorias.

Outra desvantagem do sorbitol é que como todos os álcoois de açúcar, ele tem efeito laxante. O quanto você pode comer por quilo de peso corporal antes da hora de correr para o banheiro varia entre os diferentes álcoois de açúcar. Durante um dia, você não deve consumir mais de 0,17 gramas por quilo de peso corporal de sorbitol.

O sorbitol também tem lá suas vantagens. Ele é muito usado como excipiente e umectante em alimentos. O sorbitol é um agente osmótico, agindo como um sólido higroscópico que se utiliza na indústria para a redistribuição da água e dos eletrólitos, mantendo a humidade apropriada dos produtos e impedindo a separação das suas fases, (fase aquosa e a fase gorda). Além disso, tem um sabor suave, embora frio, que se adapta, entre outras coisas, a gomas de mascar, pastilhas para a garganta, doces, gelados, sobremesas geladas e biscoitos.

Fonte:

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *