Os plásticos estão nos matando

salve o planeta

Como assim os plásticos estão nos matando: Sim, as enormes quantidades de plásticos e produtos químicos produzidos pela humanidade estão além dos “limites planetários”. Dessa forma, os limites de produção de plástico precisam ser reconsiderados com urgência.

Então, até que o ponto o homem quer chegar? Essa é uma pergunta muito difícil de ser respondida. Mas já existe um coquetel de 350.000 produtos sintéticos inventados pelo homem e uma grande parte deles acabam terminando na atmosfera.

Já são mais 350.000 produtos sintéticos que o homem inventou

Nossa, até onde chegou à capacidade humana de produzir novas substâncias. Por outro lado, estudou-se os efeitos tóxicos de apenas 150.000 dessas substâncias produtos. E o restante nós sabemos o que elas podem causar ao homem e ao meio ambiente.

Além disso, houve um aumento de 50 vezes de produtos químicos desde 1950. Além disso, só para você ter uma ideia existe uma projeção de aumentar em 3 vezes a produção de produção até 2050. Ou seja, os limites da Terra em suporta a quantidade de poluentes daqui a pouco chega ao limite. Por exemplo, recicla-se menos de 10% do plástico existente no mundo.

A questão do plástico mundial

Embora todos os esforços para evitar que os plásticos acabem no meio ambiente, a magnitude de sua poluição está incomodando muitos cientistas mundiais. Especialmente porque a reciclagem apresenta resultados medíocres e sua produção dobrou desde o ano 2000. Então, para você ter uma ideia a produção de plástico mundial atingiu o pico de 367 milhões de toneladas.

Você poderia pensar que o homem deveria reduzir rapidamente a produção mundial de plástico. Mas o que se vê, na verdade, que a produção global de plástico e o seu consumo continuaram a crescer.

Assim, a massa total de plásticos no planeta é agora mais do dobro da massa de todos os mamíferos vivos, e cerca de 80% de todos os plásticos já produzidos permanecem no meio ambiente.

Os plásticos têm  10.000 produtos juntos com ele

O que é triste nessa história é que os plásticos contêm mais de 10.000 outros produtos químicos. Assim, a degradação do plástico no ambiente cria combinações de materiais o que aumenta os riscos sem precedentes.

Você logo pensou, então, ao aumentar a produção de plásticos aumenta a liberação de novas substâncias poluente. Além disso, o homem deveria aumentar os seus para mudar essa situação. Bom, muitos países se esforçam para reduzir o desperdício, mas a luta parece impossível de vencer.

Para melhor entendimento sobre os problemas do plástico publicamos uma série de posts que recomendamos fortemente você visitá-los. A importância de você está no fato de você descobrir o que os plásticos causam ao meio ambiente. Veja lá

Quais sãos esforços para reduzir a poluição do plástico

Você ter ficado impressionado com os problemas do plástico no mundo, então como resolver essa poluição? A solução que tudo mundo fala é a reciclagem. Sim, a reciclagem é uma das saídas para resolver a poluição do plástico.

Agora, você tem que entender que existe reciclagem e reciclagem. Muitas pessoas consideram como reciclagem aquela que nós fazemos na escola. Ou seja, usar, por exemplo, uma garrafa PET como um vaso de planta ou porta-treco. Sim, essa reciclagem aumenta um pouco o tempo de uso do plástico. Em uma linguagem mais técnica aumenta um pouco o ciclo de vida do plástico.

Reciclagem é uma boa solução para os plásticos

Você pode ter outro tipo de reciclagem que é aquela em o plástico ser usado em coisa mais refinadas. Por exemplo, no post “Upcycling lâmpada feitas de garrafas plásticas” você verá que o designer espanhol Alvaro Catalan de Ocon usou garrafas de PET na Amazônia colombiana como luminárias de alto nível. Muito interessante que aí o ciclo de vida do PET aumentou consideravelmente.

Por outro lado, existem muitas soluções de reciclagem que você deve visitar. Bom, pensando nisso, publicamos vários posts sobre como reciclar o plástico. Existem mais variadas formas de usar o plástico. Vá lá nos posts e aproveite a leitura. Você vai descobrir muitas coisas novas. Então vão eles

O mundo deveria mudando sua economia para circular

Bom, o desenvolvimento da produção mundial de substâncias química é uma tendência que não vai parar. Afirmo isso a você, porque parar a produção mundial de substâncias químicas significa voltar a época das cavernas. Você vai querer voltar para as cavernas, claro que não. Então como nós podemos resolver o problema da poluição de plástico, por exemplo, no mundo.

Cientistas mundiais defendem que o mundo deveria adotar a economia circular como uma forma de aumentar o ciclo de vida dos produtos. Essa adoção nos levaria a manter sob o controle os poluentes químicos.

A economia circular aumenta o ciclo de vida dos plásticos

Além disso, isso significa mudar materiais e produtos para que possam ser reutilizados e não desperdiçados. Para isso, você deve projetar produtos químicos bem como sua reciclagem. Mas afinal de contas o que é economia circular?

Bom, economia circular é um conceito que associa desenvolvimento econômico a um melhor uso de recursos naturais, por meio de novos modelos de negócios e da otimização nos processos de fabricação com menor dependência de matéria-prima virgem, priorizando insumos mais duráveis, recicláveis e renováveis.

Digo a você que deveria olhar os plásticos sob o olhar da economia circular. Agora, para os químicos digo que deveria encarar a economia circular de frente. No post “Os Químicos precisam criar o comércio de moléculas” afirmo que o olhar químico possibilita reaproveitar moléculas comercialmente viáveis. Além disso, reforço meu ponto de vista no post “A perspectiva do comércio de moléculas” e “A Química e a economia circular”. Você deve ler os dois posts para descobrir a importância das moléculas na economia circular sob o ponto de vista químico.

Bom, como quero que você veja a economia circular com outros olhos, recomendo também você ler os seguintes posts que publicamos. Veja aí e leia os posts

Considerações finais

Como podemos ler neste post, o problema do plástico é muito sério. Além disso, a capacidade humana de produzir novas substâncias está levando o planeta ao limite. Ou seja, existe sim uma ameaça real que aumentou muito os riscos da perda de estabilidade do sistema terrestre.

Assim, quero que você me ajude a promover a economia circular para que essa máquina poluidora não cause mais estragos que vem causando. Me ajude nessa luta.

Fonte

Science Avenir

Stockholm Resilience Centre

Portal Indústria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.